Sobre os noivos

Como é bom recordar! Conheça os detalhes da nossa caminhada até esse grande sonho do nosso casamento.

Nos conhecemos no dia 14/11/2010, através de amigos em comum, dia em que ele fez a 2ª fase do Exame da OAB em que foi aprovado. Contudo, neste dia apenas nos conhecemos, vivemos alguns momentos agradáveis e engraçados e cada um tomou seu rumo.

Nos reencontramos em meados de abril de 2012, no meio deste mesmo grupo de amigos. Neste momento, nenhum de nós buscava ou sequer desejava um relacionamento. Mas quando o destino traça um caminho, nem sempre a nossa vontade é a que fala mais alto.

Com os encontros frequentes e as afinidades cada vez mais aparentes, o interesse mútuo aflorou, transpareceu e se tornou incontrolável.

Um exemplo disso, foi num dia na rua da lama. Ele estava com alguns amigos (Bart, Eros e outros), já indo embora e ela chegando com a Tetê. Ao se cumprimentarem, algo estranho aconteceu, o tempo parou: ficaram abraçados pelo menos uns 15 minutos, pelo menos é o que a gente acha. 

Dias depois a galera decidiu ir para o festival de Jazz & Bossa em Santa Teresa, dormindo na casa dos pais do Beto em Santa Maria de Jetibá. Foi o dia em que ficamos pela primeira vez.

Não demorou muito e estávamos namorando. Em outubro de 2012, em razão de oportunidades profissionais para os dois, decidimos nos mudar para o Estado do Pará e, assim, o fizemos em janeiro de 2013. 

Indiscutivelmente, essa experiência vivida geograficamente mais próxima à linha do Equador foi antagônica. Conhecemos, reconhecemos e convivemos com pessoas incriveis, mas, por outro lado, nos deparamos com barreiras que pareciam intransponiveis.Ela não ficou por muito tempo. Quatro meses depois, na véspera do aniversário dele, ela retornou ao Espírito Santo.

Brigas? Jamais! Apenas distantes fisicamente, mas nem um pouco longe na cabeça, na alma e no coração.

A distância durou cerca de 06 meses. Não podemos dizer que foi uma experiência boa, mas essas dificuldades contribuiram muito para o que somos hoje como pessoas e como casal. Amadurecemos muito.

A volta dele para o Espírito Santo foi só alegria. Matamos as saudades e começamos a viver o que não pudemos nesses meses. Viajamos, nos divertimos, fizemos novos amigos e reencontramos os antigos.

No início de 2015 começamos a nos organizar e a planejar as nossas respectivas saídas das casas das mães para termos nosso próprio lar. Não por isso, deixamos de aproveitar os bons momentos que a vida pode nos proporcionar. 

O pedido de casamento, aconteceu no Chile, de surpresa! Na viagem que planejaram para o feriado da independência daquele ano, ele a surpreendeu logo na primeira noite em Santiago com o pedido. Ela, teve ataque de risos e não dormiu.

Mas como podem ver, ela disse SIM e vivemos ainda mais felizes! E para sempre!

Imagem Sobre
Imagem Sobre
Imagem Sobre

Em 2016 terminamos a reforma no apartamento e nos mudamos em março. 

Além disso, casamos no civil, no dia 20/04/2016. Nesse momento começamos a pensar em fazer uma festa para celebrar nosso casamento religioso. Antes era um sonho que tinhamos alguma resistência, muito receio e até um certo medo. Mas querem saber, a nossa felicidade nunca será plena se nos privarmos dos nossos sonhos.

Por isso, vamos celebrar este momento com todos que são importantes para nós!

Um brinde ao amor e à vida. Esperamos do fundo do nosso coração que sejam felizes e se divirtam conosco! Venham para amar e para serem amados!